segunda-feira, 2 de setembro de 2013

All Thanks To a Waterfall - Parte 11 (Último).

— Conta para ele Demi, se não conto eu. — Disse chorando. 
Demetria's POV. 
Apartamento do Joseph. 
Ás 15h e 16min. 
Eu não queria que ele descobrisse assim sobre o Matt. Viu no que deu esconder isso do Joe, Demetria! Agora, eu e ele estamos brigando e o Matthew me aparece aqui e o Joe disse que se eu não contar, ele conta. Ó céus, o que eu faço? 
— Anda, Demi. — Disse estressado.
— Joe... — Ele me interrompeu.
— CONTA! — Gritou. 
Matthew correu até mim e agarrou minhas pernas, assutado pelo grito de Joe. 
— Mamãe, por que ele está gritando com a senhora? — Disse Matthew começando a chorar.
— Não meu amor, não chora. — Peguei Matt no colo e Joe disse:
— Conta pra ele. — Disse entre dentes. Respirei fundo. É agora ou nunca!
— Matthew? — Chamei e ele me olhou. — Você ainda quer saber quem é seu pai?
— Quero. — Disse tímido. 
— Olhe para trás. — Matt olhou. — Tá vendo esse homem atrás de você. — Matt concordou. — Ele é o seu pai. 
Matthew olhou para mim assustado e com os olhos verdes iguais ao do pai, arregalados. Eu apenas sorri e o coloquei no chão. Assim que ele pisou no chão saiu correndo em direção ao pai o abraçando. 
— Papai. — Disse pulando no colo de Joe, que o pegou chorando.
— Filho. — Disse entre lágrimas.
Enquanto Joe e Matthew tinham aquele momento pai e filho que nunca tiveram, eu estava ali, parada  e chorando feito uma idiota.
Depois de um tempo abraçados e chorando Matthew e Joseph vieram em minha direção.
— Mamãe? — Matt me chamou. 
— Sim? — Disse me agachando para ficar da sua altura. 
— Por que você e o papai não ficam juntos, igual aos outros casais. — Matt disse sorrindo, e eu olhei para Joseph, com um olhar triste e ele abaixou a cabeça. 
Eu sabia o que aquilo significava. Significava que ele não ia mais querer ficar comigo. Que o que mal tinha começado, já havia acabado.
— Matthew.. — Joe o chamou.
— O quê? — Perguntou olhando-o. 
— Você deseja que eu e sua mãe fiquemos juntos? — Perguntou e Matt assentiu sorrindo. — Você não precisa desejar isso, pois eu e sua mãe já estamos juntos. 
Epa! Como é que é negócio? Eu e Joe estamos juntos. Espera aí, que eu estou por fora dos assuntos.
— Como? — Perguntei confusa. 
— Mesmo você tendo me  escondido a gravidez do Matt, eu te amo Demi. Sempre te amei, e sempre vou amar. — No momento em que ele disse aquilo eu pulei, literalmente, em seu colo e o beijei com todo o amor. Quando o beijo estava ficando mais intenso Matt nos separou. 
— ECA! — Eu e Joe nos separamos rindo.
Joe pegou Matt no colo e eu só para provocá-lo dei um selinho nele, que na hora limpou a boca.
— Mamãe! — Me repreendeu. Eu e Joe rimos dele e ele ficou com uma cara emburrada.
— Eu te amo. — Disse no ouvido de Joe. 
— Eu também te amo. — Sussurrou em meu ouvido.
~To Be Continued or The End. 



Oi amores, 
Calma ainda não acabou. 
Comentem e marquem no "oi eu li" okeijo?!
Até meus pandas. 

Um comentário:

Iza Moraiis disse...

Continue ou fim kkkk aaaa vai tar continuacao ne kkkk ta lindp demais paravens ta lindo, posta logo