segunda-feira, 2 de setembro de 2013

All Thanks To a Waterfall; Epílogo.


Alguns anos depois.
Joseph's POV;
Jemi's House;
Ás 15h e 17min.
Cinco anos se passaram desde que eu e Demi no reconciliamos. Querem saber o que aconteceu nesses cinco anos? Eu vou contar.
Demi e eu namoramos por um ano, depois eu criei vergonha na cara e a pedi em casamento. O casamento foi perfeito, tivemos nossa noite de núpcias e nossa lua-de-mel foi em Paris, a cidade do amor. Passamos dois meses em Paris. Um ano depois do nosso casamento Demi descobriu que estava grávida do nosso segundo filho. Demi e eu ficamos radiantes e Matt, bem, Matt já estava com sete anos e iria fazer oito, então ele ficou com ciúmes, mas feliz. Nove meses depois nasceu nossa princesinha. Nossa pequena Rebecca Lovato Jonas. Desse dia em diante foi só felicidade. 
Levei Demi, Matt e Becca para conhecerem Blanda, Harry e o filho deles, Kevin. Eles ficaram brincando o dia todo, depois desse dia, eles sempre pediam para eu levar eles para brincar com o Kevin. Miley e Liam também tiveram um bebê, quer dizer dois,  os pequenos gêmeos, Justin e Gregory. Nick e Selena tiveram uma menininha, a Yasmim. E eu e Demi queríamos ter parado na Rebecca, mas sem querer Demi ficou grávida de novo, dessa vez de Sophia. 
Resumindo, Kevin está com seis para sete anos. Os gêmeos Justin e Gregory estão com cinco. Yasmim está com oito. Matthew agora está com onze,  Rebecca com cinco e Sophia com um ano e meio. 
Demi e eu estamos tão felizes, pois finalmente estamos juntos e nada irá nos separar. 
Estávamos no jardim da  minha casa com Demi, vendo meus três pimpolhos brincarem. 
— Sabe... — Disse e Demi me olhou. 
— O quê? — Perguntou. 
— Eu sou grato aquela cachoeira. — Comentei e Demi deu a gargalhada que eu mais amo no mundo.  
— Ah, é mesmo?  
— É. — Respondi sorrindo. 
— Eu também sou grata aquela cachoeira. — Me deu um selinho. 
— Foi tudo graças aquela cachoeira. — Disse sorrindo e a abraçando. 
— Foi tudo graças aquela cachoeira. — Repetiu o que eu disse e me beijou de um jeito apaixonado. 
— Eu te amo. — Disse entre o beijo. 
— Eu também te amo. — Me beijou. 
— VÃO PARA UM MOTEL! — Matthew gritou.
Demi e eu separamos o beijo e começamos a gargalhar.

"Pois é, quem disse que não existe amor a primeira vista, devia ser um cego. Mas quer saber, não é a beleza que importa e sim o carácter e personalidade. E eu não precisei olhar a beleza de Demi para saber que estava apaixonado, porquê eu me apaixonei quando eu olhei no fundo de seus olhos e vi seu interior."  — Via eu.




Oi amores,
Então é isso, essa mini-fic acabou. 
Quarta eu continuo A Amante. 
Comentem muitooo e marquem no "oi eu li" okeijo?!
Beijos!

6 comentários:

Iza Moraiis disse...

Oiii eu li, perfeito o epilogo, arradou Clarinha, ate quarta

Daniele Ferreira ♥ disse...

Ah poxa,eu tenho sentimentos sabia?Queria que acabasse não,que história linda Clarinha! oh,saudades dela já!

Anônimo disse...

obaaaaa!!!! vc vai continuar escrevendo a amante .....esperando ansiosa

Danyelle Alves disse...

PODE PARAR COM A PALHAÇADA!! ACABOU O AMOR,ACABOU A AMIZADE E ACABOU TUDO! Que negocio é esse de matar meus sentimentos? Eu preciso dele sabia? Haahahahahahaha intao Clarinha tud bem? Eu tbm kkk amei a mini fic e eu espero que você fassa mais hein? Posta logo

Carol Gomes disse...

Oiee, nova leitora aqui e ameei a mini fic.. Peefeiitaa..
Posta Logo
Xoxo

Anônimo disse...

oiie comecei a acompanhar seu blog esses dias e estou amando,amei a mini fic... e estou apaixonada pela a historia de a amante louca pra vc voltar a postar ela de novo..