segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Capítulo 50 (Último)


Era sete e trinta e nove, Demi se olhou no espelho e sorriu com o que viu. Ela estava vestida num vestido cor-de-pele justo, o vestido era um pouco acima das coxas e tinha um decote bem generosos, que provavelmente deixaria Joseph louco. Demi caprichou na maquiagem, mas não passou nada muito extravagante. Passou uma maquiagem simples, porém, bem sofisticada. E deixou suas madeixas loiras soltas, caindo pelas costas. 
Lovato já havia deixado Henry na casa de Miley e havia a avisado que talvez só fosse busca-lo no dia seguinte. Joe havia mudado os planos. Ao invés de jantarem em casa, ele a convidou para jantarem em um lugar especial as oito horas. No começo Demi estranhou, ela apenas queria um momentos a sós com o namorado. mas depois gostou da ideia, passar um tempo a sós e romântico com o namorado não era má coisa. Joe tinha um pequena surpresa para Demi com aquele jantar. Pequena não... grande surpresa. 
Joe havia acabado de se arrumar. Ele vestia uma calça jeans preta, uma camisa social branca, um colete preto por cima e um tênis todo branco, ele havia caprichado no perfume, e deixara seu cabelo bagunçado, do jeito que Demi gosta. Agora, era só ele buscar Demi — ele estava na casa de Nick —, e levá-la pra o lugar especial.  
(...)
Joe tocou a campainha da casa de Demi — ele não havia levado a chave —, e esperou. Demi desceu as escadas e abriu a porta. Joe sorriu encantado com a beleza da amada. Demi já era linda por natureza e quando se arrumava, arrasava corações. Joe a olhou de cima a baixo e mordeu o lábio, Demi sorriu tímida e sentiu as bochechas assumirem um tom rosado. 
— Você está linda. — Ele a seu um selinho rápido nos lábios. Demi sorriu. 
— Obrigada, você também está lindo.  Sorriu. Joe esticou a mão para que ela pegasse.
— Vamos? 
— Vamos. — Segurou a mão de Joe. Ela fechou a porta e caminharam até o carro. Não perdendo o cavalheirismo, ele abriu a porta para ela e Demi sorriu em forma de agradecimento. 
(...)
— Aonde vamos? — Era a décima vez que ela perguntava aquilo desde que entraram no carro. 
— Já disse que é surpresa, Demetria. — A encarou, aproveitando que o sinal estava fechado.
— Chato. — Resmungou. Joe riu e lhe deu um selinho antes do sinal abrir.
— Já estamos chegando... aliás, chegamos. — Ele estacionou o carro e desceu, deu a volta e abriu a porta para Demi. — Acho melhor você tirar seus sapatos. — Comentou. 
— Tá. — ela deu de ombros e tirou os sapatos. Quando desceu viu que estavam numa praia distante da cidade. Joe havia arrumado tudo, havia uma mesa no meio da areia e em volta dela havia um coração feito com pétalas de rosas, estava tudo lindo! — Nossa, está perfeito. — Se virou sorrindo para Joe. 
— Gostou? — Sorriu tímido. 
— Não. — Joe se assustou. — Eu amei. Você que fez isso? — ele suspirou aliviado. 
— Sim. Quer dizer, tive uma pequena ajuda do Zac e do Nick, mas a ideia foi minha.
— Eu amei, de verdade. Obrigada. — O beijou. 
— Vamos jantar? 
— Vamos.   
Joe levou-a até a mesa e puxou a cadeira para ela, depois deu a voltar e retirou seu colete, repousando-o na cadeira em seguida sentou-se. Joe assobiou e um rapaz vestido de terno apareceu com a comida. Logo depois de os servir, Joe dispensou o rapaz.
(...)
Demi e Joe caminhavam de mãos dadas pela areia calmamente. O jantar havia sido perfeito. Demi não podia reclamar de nada. Joe fora todo perfeito com ela. Aliás ele era perfeito. Demi havia tirado sorte grande de encontrar Joe, ela o amava e era correspondida, ela se sentia privilegiada por ter um homem assim... tão perfeito ao seu lado, a amando incondicionalmente. Demi sorriu boba com o pensamento. 
— Demi? —  Joe a chamou. Demi deixou os pensamentos de lado e focou no namorado. 
— Sim.
— Eu queria falar um coisa. — Olhou receoso para ela. 
— Pode falar. — O encorajou. 
— Eu... eu vou direto ao ponto. Não sou muito com palavras, mas vamos lá. Bem eu quero passar o resto da minha vida com você e com nosso filho, Henry. Eu nunca amei Vanessa, apenas sentia atração por, com você é tudo diferente. Minha mãe sempre me disse que o amor verdadeiro a gente só encontra uma vez na vida. E eu o encontrei com você. O que eu sinto por você sim, é amor verdadeiro. Eu não quero te perder Demi, nem você e nem o nosso filho por nada nesse mundo. — Joe se ajoelhou e retirou uma caixinha de veludo do bolso, ele abriu-a revelando um lindo anel de brilhantes. — Demetria Devonne Lovato você aceita casar-se comigo?  
— Oh Meu Deus! Isso é sério? — Perguntou tentando conter as lágrimas. 
— Sim. Demi eu te amo. Não quero mais perder tempo. Eu sei que por ter sido tão precipitado assim com Vanessa, acabei me dando mal, mas... temos um filho juntos e, eu sei que você me ama assim como eu te amo. — Sorriu Demi o olhou sem acreditar. Ela estava sendo pedida em casamento pelo homem que amava. Essa era uma sensação maravilhosa, única. Então era essa a surpresa de Joe. Demi deveria ter desconfiado, ele estava alegre demais. Demi sorriu emocionada e assentiu. 
— Eu aceito. É tudo o que eu mais quero. 
Joe sorriu aliviado e se levantou deslizando o anel pelo dedo de Demi, beijando sua mão logo em seguida, Demi sorriu e se jogou nos braços do amado o abraçando.
— Eu te amo. — Sussurrou no ouvido de Demi, fazendo-a arrepiar-se. 
— Eu também te amo. — O beijou. 
Demi o abraçou e enroscou suas mãos nos cabelos negros de Joe. ele abraçou-a pela cintura, puxando-a mais para si. Demi intensificou o beijo e puxou os cabelos de Joe, que soltou um gemido abafado. Ele desceu sua mãos até o traseiro de Demi e deu um leve apertão. Demi arfou. Joe desceu suas mãos do traseiro dela para as coxas grossas, as acariciando. Ela separou o beijo e Joe deu uma leve mordida em seu lábio inferior. 
— Joe... — Disse manhosa. — Não faz isso. 
— Porque não? 
— Estamos numa praia. 
— Uma praia isolada. Ninguém vem aqui, fica tranquila. — Acariciou a bochecha dela.  Faz amor comigo?  
— Me faça sua esta noite, querido. 
Joe a beijo ferozmente e levou suas mãos até as costas de Demi e abriu o zíper do vestido, deixando o vestido deslizar pelo maravilhoso corpo de Demi, a deixando apenas de lingerie branca rendada. Delicadamente ele a deitou na areia, ficando por cima. Suas mãos percorriam todo o corpo de Demi. Joe desceu os beijou para o pescoço dela e a mesma arfou, ao sentir os dentes de Joe em seu pescoço. 
Sem muito esperar Joe se livrou de suas roupas, ficando nu. Ele levou suas mãos até o fecho do sutiã de Demi, livrando-se rapidamente do mesmo. As mãos de Joe já estavam na barrada calcinha de Demi e em segundos a mesma já havia ido para longe. O membro de Joe estava completamente duro e pulsando por ela. E Demi já estava molhada, pronta para recebe-lo. Ambos estavam completamente excitados. 
— Eu te amo. — Disse antes de a penetrar. Joe começou com movimentos lentos, torturando Demi. Mas depois aumentou a velocidade. Ambos gemiam loucamente. Joe aumentou ainda mais a velocidade, quando sentiu que estava para vir. 
Minutos depois Joe deu uma estocada certeira que fez com que ambos chegasse ao ápice juntos.
— Eu também te amo. — Ela disse e Joe a beijou carinhosamente, saindo de dentro dela e puxando-a para deitar-se em seu peito. — isso foi estranho, mas foi bom. — Joe riu. 
— Essa uma das melhores noite da minha vida. 
— Você sempre fala isso. — Eles riram. 
— E vou continuar falando.   
— A melhor coisa que eu poderia ter feito foi essa. 
— O quê? — Perguntou confuso.
— Ter sido sua amante— O beijou. 



Ficou horrível este hot, sorry.
Acabou :c Mas ainda tem o epílogo :D Eu sei, eu sei, eu falei que postaria sexta porém, eu esqueci que ia ter que sair e acabou não dando para postar, e depois o blogger deu pal, mas eu postei hoje e vou tentar postar o epílogo hoje também e, com uma surpresa como forma de me redimir, por fazer vocês esperarem tanto.
Sabem, eu gostei de escrever essa fic. Apesar de ser minha primeira, eu gostei. Eu queria que vocês dessem a opinião ou crítica de vocês para essa fic. Seria muito bom.
Agora eu tenho que ir escrever o epílogo. 
Beijos tesudas, comentem! 

2 comentários:

Roberta Cagnani disse...

Amei a fic. Sou team jemi e nelena !
mas vc enrolou a gebte demais !

Fanfics Jemi' disse...

Cadê o epilogo??? por favor, posta logo, eu estou muito ansiosa para o epilogo <3 pena que já está acabando esta fic :(