quarta-feira, 28 de agosto de 2013

All Thanks To a Waterfall - Parte 6.

Cinco anos depois.
Demetria's POV;
Parque de diversões em Londres.;
Às 8h e 34min. 
Já se passaram 5 anos desde que eu fui embora e deixei Joe. Vocês devem estar se perguntando porque eu o larguei, né? Bem, depois que nós fizemos amor ele me disse coisas horríveis e eu não ia ficar com um cara que só foi pra cama comigo por que estava carente. Então, quando ele dormiu e sai do quarto do irmão dele, peguei minhas roupas e fui embora. Estou com 25 anos e nesses 5 anos nada de importante aconteceu, a não ser que alguém muito especial, que amo muito entrou em minha vida. Não, não foi nenhum homem, pois ninguém pode substituir Joseph, e por mais que eu o tenha  conhecido apenas por dois dias, eu já amava aquele homem com todas as forças de meu corpo, mas voltando ao assunto, a pessoa especial que entrou em minha vida foi Matthew. 
Ok ele é um homem, mas não é o que vocês estão pensando. Matthew é meu filho, meu filho com Joseph. Dois meses depois de eu ter ido embora eu descobri que estava grávida e minha irmã Miley, me obrigou a voltar para o interior dos Estados Unidos em Wisconsin, mas quando eu fui na casa de Joe para lhe dar a notícia de que seria pai, apenas seu irmão Nicholas estava lá e quando eu perguntei a onde estava Joseph ele disse que ele foi para Los Angeles atrás do amor de sua vida e que não iria voltar tão cedo. Eu não entendi bem o que ele quis dizer com aquilo, talvez Blanda tivesse ido para lá e ele foi atrás dela, sei lá. Mas quando ele disse aquilo eu fiquei um pouco magoada e fui embora e nunca mais tentei encontrar Joe para dar a  notícia de que seria pai. 
Matthew tem 4 anos e é um amor de menino. Seu nome é Matthew Henrique Lovato, eu não coloquei Jonas no final pois Matt não é registrado com o nome do pai no cartório. Se querem saber, sim, Matt vive perguntando pelo pai. E o que eu respondo, que o pai está viajando e que quando puder eu o levarei para conhece-lo. Meu bebê vive reclamando que não ter um pai é chato, pois ele não tem com quem jogar bola, jogar video-game, brincar de carinho, andar de bicicleta, andar de skate e sei lá mais o quê. Mas eu não posso fazer nada, Liam meu cunhado até tenta, mas Matt se recusa a aceitar a ajuda de Liam, pois quer o pai. E essa coisa dele querer o pai já está virando bastante constante, todo santo dia ele me pergunta pelo pai e eu já não sei mais o que responder. 
Agora eu estou no parque de diversões em Londres com Matthew. Ah, esqueci de dizer que eu fui para Londres. Depois de ir para Winsconsin e não achar Joseph lá, eu fui para Londres com Miley e Liam que me ajudaram bastante com a gravidez. 
— Mamãe, quero um sorvete. — Matt disse puxando minha calça, já que ele não tem nem um metro de altura e não consegue alcança minha mão.
Agachei-me para ficar da sua altura e o peguei no colo. 
— Nada disso! Olha o frio que está. Se você tomar sorvete vai ficar gripado. E eu não quero ver meu bebê doente. — Ele fez biquinho irresistível.
— Mas mamãe. — Eu o interrompo. Matt pode ter apenas 4 anos mas sabe falar direitinho.
— Nem vem com essa de mas mamãe porque não vai rolar.  — Ele fez uma expressão tristinha e me deu dó do meu bebê. — Mas que tal um chocolate quente com marshmallow, que eu sei que você adora? — Perguntei sorrindo. Matt deu um sorriso muito fofo e eu dei uma breve risada, pois Matt não tem todos os dentes e é uma graça quando ele sorri. Fica muito fofo!
— Tá bom. — Me abraçou pelo pescoço.
Sai andando com Matthew no colo até o Starbucks. Fazia muito frio, por isso eu e Matt estávamos bem agasalhados. 
Demetria: 


Matthew:


Joseph's POV;
Starbucks em Londres;
Ás 8h e 50min. 
Bem, aqui estou eu trabalhando no starbucks em Londres sem Demi.  Querem saber o por quê? Eu vou dizer. Já não é fácil encontrar alguém em Los Angeles, ainda mais quando não se sabe nada sabre a pessoa que procura. É bem isso que aconteceu comigo. Harry me levou para Los Angeles para eu procurar Demi e consertar a burrada que fiz. Mas eu nunca encontrei-a. E uns dois meses depois de eu ter ido para L.A Nick me ligou e disse que uma moça baixinha, de cabelos castanhos, pele clara e de olhos castanhos foi lá me procurar. Deduzi que fosse Demi, então voltei com Harry e Blanda para Winsconsin. Quando cheguei lá não encontrei-a. Depois disso eu pedi a ajuda de Harry e peguei todas as minhas economias e viajei com Harry e Blanda pelo mundo por 1 anos em busca de Demi. Até que à 4 anos eu fui para a Harvard, fazer medicina. Me formei esse ano e depois de me formar eu vim para Londres. Estou tentando entrar num dos melhores hospitais daqui. E enquanto eu não entrei estou trabalhando no starbucks para me sustentar e para pagar meu apartamento.
Estou com 25 anos e nesse últimos anos eu trabalhei em outros negócios e juntei bastante dinheiro, já que fui bolsista na faculdade. Há propósito, Harry e Blanda se casaram 2 anos depois do meu término com Blanda e agora ela está grávida de 7 meses. Eu não vejo eles há 4 anos, pois quando eu fiquei um ano viajando eles foram comigo, já que o jatinho era do Harry, mas depois quando fui para a faculdade eles voltaram para Winsconsin. Então, já fazem quatro anos que não os vejo. E já fazem cinco anos que não vejo meu irmão os dois se casaram e tiveram uma filha chamada Yasmim. Como eu sei disso? Eu falo com Nick pelo telefone e ele me conta tudo.
Como aqui em Londres faz muito frio, tive que gastar um bom dinheiro com agasalhos, pois pretendo morar aqui pro resto da minha vida. Mesmo estando no trabalho, não estou com o uniforme, aliás ninguém está, apenas estamos com o avental nada mais.
Joseph:

(Imaginem o avental ok?!)

Agora eu estou no starbucks trabalhando como atendente de mesas. Até que Austin meu gerente pediu para eu atender a mesa três. 
— Joe, atende a mesa três para mim. — Austin me pediu.
— Tá bom. — Aproximei-me da mesa. 
Era uma mulher com uma criança de aproximadamente quatros anos.
— Bom dia, o que vão querer? — Perguntei com meu caderninho de anotar pedidos nas mãos. 
— Dois chocolates quentes com marshmallow, por favor. — Ela pediu e logo após me olhou.
Quando ela me olhou eu fiquei surpreso e ao mesmo tempo feliz e parece que ela também. 
— Demetria? — Perguntei surpreso.
— Joseph? — Ela perguntou surpresa também.
~To Be Continued.

  
Oi gatos e gatas,
Gente acho que falta duas partes pra acabar a mini-fic.
Bem amanhã eu posto e muito obrigada pelos comentários. Isso me deixa muito feliz :D.
E me desculpem por não postar segunda, é que eu estava um pouco ocupada.
Mas quem sabe eu não posto tudo amanhã e acabo logo com a mini-fic para continuar A Amante ok?!
Comentem e marquem no "oi eu li" ok ?!
Beijos meus pandas.

3 comentários:

Iza Moraiis disse...

aaaaaaaaaaaaaa posta logooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo

Srta. Erika Lovato! disse...

Aaah meus Deus!!!
A Demi teve um filho!!
Que fofo o Matt, vou adotá-lo u,u
E agora, o que vai dar desse encontro? Acho que a Demi não vai contar, acho que vai sobrar pra Miley contar tudo uhshauh'
Poosta logo!
Beeijos >.<

Anônimo disse...

Eu acha maneiro quando vc diz
A Amante.
Kkkk5
Nao da atencao pra mim nao ta, eu sou idiota e muito.
Sou muito safada e essa é uma das melhores fic q eu ja li é realmente muito boa.
Entao posta o mais rapido q poder ta ok
ate

by:gabi

Bom